CURRICULO

Regina Helene

Regina Helene de Oliveira O'Reilly

Data de Nascimento: 18/06/1959
Local de nascimento: São Paulo - Capital- Brasil

 

Formação Acadêmica

1977 - 1981 - Direito PUC - SP

 

Formação Artística

Autodidata

2000 - 2015 - Elaboração, Fundação e Manutenção -  Projeto Absorção Social dos Sem Oportunidades - oficinas culturais, artísticas para crianças e jovens sem oportunidades (caminhantes) - P.A.S.S.O

2000 - até hoje - Elaboração e Formalização projeto Vila Darcy Penteado - desenvolvimento de um pólo turístico tendo como essência a Brasilidade - divulgando a Cultura Brasileira e o Modernismo.

 

Exposições individuais (Objetos - Assemblage)

2019 - Entrelaçamentos - Galeria de Arte Bráz Cubas - Santos, SP

2018 - Múltiplas Expressões da Poesia - Casa da Fazenda do Morumbi - São Paulo - SP

 

Exposições Coletivas (Objetos - Assemblage)

2019 - Diálogos com Goya - Instituto Cervantes - São Paulo, SP

2018 - Blue & Blues - Espacio Uruguay - São Paulo, SP

2018 - Galeria da Tribo - São Paulo, SP

 

Exposição Coletiva (Pintura - Acrílico em tela)

2017 - SOAL - 5o. Salão de Outono da América Latina - São Paulo, SP

 

Exposição Individual (Pintura - Acrílico em tela)

2016 - Mostra Reticências - Clube de Golfe Vila da Mata

 

Exposições coletivas (Esculturas em Bronze e pátina)

2013 - 7a. Grande Exposição de Arte Bunkyo - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa

2012 - 6a Grande Exposição de Arte Bunkyo - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa

2011 - Salão de Artes Plásticas de Arceburgo

2011 - SBBA Sociedade Brasileira de Belas Artes - Rio de Janeiro

2011 - Salão Oficial de Belas Artes Antônio - Parreiras - Juiz de Fora

2011 - Museo Metropolitano de Buenos Aires

2011 - Art Canton Guangzhou Jinhan Exhibition Centre

Os objetos inusitados que utilizo para compor minhas obras, alguns deles muitas vezes abandonados pela falsa idéia de não serventia, ganham ressignificação estética ao se integrarem um ao outro pelos enlaçamentos, lãs e fios coloridos, que vinculados em consonância ao todo estabelecem o devir (vir a ser). Faço da minha arte, prática de experimentação orientada pela densidade, textura, cor, movimento e materiais, como afirmação da liberdade que proporciona significação de vida. Como expansão da escultura as obras apresentadas caracterizadas pela a estética do acúmulo buscam antagonizar a saturação instalada com a leveza de materiais emaranhados de teor orgânico condutores do olhar aos volumes e aglutinações meios que inserem profundidade nas obras e aumentam a força dos campos cromáticos.